sábado, 17 de setembro de 2011

O professor golfinho

O professor golfinho era sábio e tolerante. Achava que os castigos não davam resultados e preferia sempre convencer os alunos da necessidade de estudar a sério. Mas os alunos não lhe prestavam a menor atenção.
O professor golfinho sofria com isso, mas não dizia nada. Nunca se chateava e nem se queixava. As travessuras durante a aula aumentavam cada vez mais.
Uma tarde, o ursinho quis pregar um belo susto à esquilinha. Levantou-se de sua carteira sem pedir autorização ao professor e, quando já estava se aproximando de sua colega, tropeçou em um armário, fazendo com que este caísse em cima da cabeça do professor golfinho.
O professor teve de ficar ausente da classe por vários dias, e foi contratado para substituí-lo o professor atum, que era conhecido em todo o oceano por sua severidade. Castigava a turma inteira pelo menor deslize de qualquer aluno. "O primeiro que ousar fazer bagunça, leva quarenta reguadas e é expulso do colégio!" costumava dizer o professor atum.
Como era de se esperar, todos os alunos da turma tinham saudades do professor golfinho. Mal podiam esperar que retornasse às aulas. Chegaram a se comprometer com ele que iriam portar-se muito bem e que estudariam muito.
Quando se restabeleceu, o professor golfinho voltou para sua turma, que chegou a ser a mais brilhante e estudiosa de toda a escola. O professor tinha demonstrado que a tolerância e a persuasão são sempre preferíveis aos castigos. Todos reconheceram, afinal, que seu método de ensino, baseado no amor e na tolerância davam ótimos resultados.

Moral da história: esta é a pedagogia divina, a pedagogia do amor.
- desconheço o autor -

Um abençoado final de semana!

11 comentários:

Gracinda disse...

Muito obrigada por sua amável visita! Acabo de atualizar e estou te esperando! Bom final de semana! Paz, Luz e Harmonia!

Reinaldo Fonseca - Pascom Paroquial disse...

Olá! Bela história, as vezes nos falta amor e tolerancia né! Parabéns pelo seu blog.
Ando com dificuldades de fazer postagens, devido a criticas destrutivas que venho recebendo por parte daqueles que ao invés de ajudar só dão idéias e criticam. Perdi um pouco da motivação que tinha, em breve deixarei a coordenação da pascom e consequentemente deixarei de postar neste blog. Mas por enquanto vamos trabalhar, afinal o Evangelho de hoje diz:
Quem trabalha para o Reino de Deus, deve fazê-lo por amor.
E quando alguém faz por amor não se interessa pela recompensa...
pelos elogios... pelo pagamento...
A fidelidade ao Senhor já é uma recompensa....
Sem dúvida, Deus nos dá muito mais que merecemos.
Bom domingo, na Paz e no Amor de Cristo,

Reinaldo

Tetê disse...

Oi Mabelita! Feliz de ter te encontrado no Manancial! Maravilhosa essa sua reflexão! Tenha uma semana abençoada! Bjks Tetê

Samantha: disse...

A Paz de Jesus e o Amor de Maria! Tudo bem? Espero em Deus que sim! Muito bom esse seu post! Boa reflexão! Obrigada por sua visita! Atualizei agorinha. Beijinhos e uma semana abençoada! Samantha

Suzuki disse...

Olá! Feliz de ver seu comentário lá no blog! Gosto de tê-la entre meus amigos! Atualizei... Dá um pulinho lá! Beijos Suzuki

Angel@ disse...

Oi, querida! Linda mensagem!
O amor e dom de Deus e é também a forma mais fácil de acertar. Tudo que é feito com amor, é bom e verdadeiro!
Que Deus a abençoe!
Abraços carinhosos,
Angela

Zéza disse...

Oi querida! Vim agradecer a sua visita e avisar que já atualizei! Estou esperando sua visita!! Beijos azuis!

... Morgana disse...

Olá miguxinha! Muito obrigada pela visita ao meu blog! Esse seu cantinho é muito bom! Beijos cintilantes. Morgana

Néia Lambert disse...

Olá Mabel, linda mensagem!

Beijos

Judite disse...

Bom dia!

Que seu dia seja de paz, de sorrisos e de muitas bênçãos, e que você possa sentir a presença de Deus aonde quer que vá.

“Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós”. (I Pedro 5:7)

Deus seja contigo!

Blog Yehi Or!
http://hajalluz.blogspot.com/

ONG ALERTA disse...

Verdade amor é vida, beijo Lisette.